Nyusi associa movimento com “aperto” das FDS em Macomia

Desde 19 de janeiro que grupos de insurgentes se deslocam do distrito de Macomia para sul.
5 Fevereiro, 2024

Insurgentes mataram oito soldados moçambicanos numa emboscada nos arredores da aldeia de Nahavara, no distrito de Mecufi, província de Cabo Delgado, na terça-feira, a cerca de 20 quilómetros da capital provincial, Pemba.

Na noite de 30 de janeiro, os insurgentes atacaram uma patrulha conjunta das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) e da milícia Força Local. Dos mortos incluíam pelo menos dois membros da Força Local. Vários outros militares ficaram feridos e dois veículos militares foram queimados. As vítimas foram levadas para o hospital distrital de Metuge.

Antes da emboscada, os insurgentes terroristas atacaram também a aldeia vizinha de Makwaya, raptando vários civis e incendiando casas.

Na sequência dos ataques, quase 100 pessoas da zona fugiram para as aldeias costeiras de Natuco e Sembenes em Mecufi, segundo Zitamar.

O Presidente Nyusi associou a descida de grupos terroristas para a região sul de Cabo Delgado aos esforços que estão a ser desenvolvidos conjuntamente pelas forças moçambicanas e parcerias da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e do Ruanda, contra posições terroristas nas regiões norte e centro da província. De acordo com Nyusi, falando por ocasião do 3 de fevereiro, Dia dos Heróis Moçambicanos, o foco principal está no distrito de Macomia, precisamente nos postos administrativos de Mucojo, Quiterajo e Pangane. 

Estas regiões foram identificadas, segundo Filipe Nyusi, como o "centro de gravidade" da ação terrorista, razão pela qual estão a ser feitos esforços nessas áreas. "Estes sinais [deslocação para o sul] são o resultado das operações em curso no centro de gravidade das hostes terroristas no distrito de Macomia, conduzidas pelas Forças de Defesa e Segurança de Moçambique, apoiadas pelas forças parceiras" - disse o Comandante-Chefe, referindo que "a todo o custo, estão a tentar infiltrar-se nos distritos de Ancuabe e Metuge". 

As tentativas de recrutamento e angariação de novos membros estão também a ocorrer na região sul de Cabo Delgado, bem como em distritos da província de Nampula. Ali, suspeita-se que isso esteja a acontecer em Memba, Mongicual e Erati. De acordo com Filipe Nyusi, os sinais suspeitos nestas regiões estão a ser acompanhados de perto. 

Receba as noticias via WhatsApp e Telegram!

Para subscrever pelo WhatsApp, clique o botão abaixo e selecione o seu idioma de preferência. Por favor, salve nos seus contactos o número do WhatsApp do Plural Media. Fique tranquilo que ninguém poderá ver o seu contacto.Para subscrever pelo Telegram, clique no botão e siga as instruções no Telegram. O seu contacto não será público.

Popular

magnifierchevron-down